A- A+

A trajetória política de João Goulart

<<  José Serra

José Serra nasceu no dia 19 de março de 1942, em São Paulo, filho de Francisco Serra e de Serafina Chirico Serra.

Aluno do curso de engenharia civil da Escola Politécnica de São Paulo, em julho de 1963 foi eleito presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Nessa época era membro da Ação Popular (AP), organização política integrada basicamente por militantes católicos de esquerda e que detinha a hegemonia no movimento estudantil. Assumiu o cargo no mês seguinte.

Sua gestão coincidiu com um dos períodos mais agitados da história do país em termos políticos e sociais, ao qual somava-se uma séria crise econômica. Foi orador no chamado "Comício das Reformas", realizado no dia 13 de março de 1964 na Central do Brasil, no Rio de Janeiro. As vésperas do golpe militar de 31 de março, a entidade emitiu um manifesto, denunciando o "golpe reacionário" e conclamando o povo a se manter organizado à espera da palavra de ordem de seus líderes e concluía que "golpe é senha do levante popular pelas reformas" e "senha de greve geral". Após o golpe, a UNE foi posta na ilegalidade, sua sede, situada à praia do Flamengo, no Rio de Janeiro, incendiada e seus dirigentes perseguidos.

José Serra deixou o país em julho de 1964, exilando -se na França, onde viveu até 1965. Em 1966, partiu para o Chile, onde trabalhou como pesquisador e professor da Comissão Econômica para a América Latina, da Organização das Nações Unidas, e obteve o grau de mestre em ciência econômica pela Universidade do Chile, em 1972. Com o golpe militar naquele país, em setembro de 1973, transferiu-se para os Estados Unidos, onde doutorou-se em economia pela Universidade de Cornell, em 1976. Lecionou na Universidade de Princeton, entre 1976 e 1978.

Regressando ao Brasil em 1978, tornou-se professor da Faculdade de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, atividade que desempenharia até 1983. Nesse mesmo ano, foi nomeado secretário de Planejamento de São Paulo, no governo de Franco Montoro. Licenciou-se, em 1986, a fim de disputar uma cadeira na Assembléia Nacional Constituinte pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro. Eleito, tomou posse em fevereiro de 1987.

Um dos fundadores, em junho de 1988, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), agremiação constituída basicamente por políticos egressos do PMDB, em outubro candidatou-se à prefeitura de São Paulo, mas não logrou eleger-se. Em 1990 foi reeleito deputado federal, desta vez pelo PSDB, obtendo a maior votação de todo o estado. Em 1992, participou do processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Melo (1990-1992), votando a favor de seu afastamento.

Em 1994, elegeu-se senador por São Paulo, pela legenda do PSDB. Em janeiro do ano seguinte, assumiu a pasta do Planejamento por indicação do presidente Fernando Henrique Cardoso (1994-2002). Licenciou-se do cargo em 1996, para disputar a Prefeitura de São Paulo. Mais uma vez derrotado, retornou ao Senado. Em 1998, assumiu o Ministério da Saúde, cargo que exerceu até meados de 2002, quando se afastou do ministério para disputar as eleições presidenciais de outubro daquele ano, tendo sido derrotado por Luiz Inácio Lula da Silva.

José Serra é casado com Sílvia Mônica Allende Serra, com quem tem um casal de filhos.

[Fonte: Dicionário Histórico Biográfico Brasileiro pós 1930. 2ª ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2001]

  Twitter Facebook Youtube Flickr Eclass      Mais   

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2017. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede