A- A+

Fatos e Imagens: artigos ilustrados de fatos e conjunturas do Brasil
Fatos & Imagens > O suicídio de Getúlio Vargas

24 de Agosto de 1954: o suicídio de Getúlio Vargas

* No início de agosto de 1954, o chefe da guarda pessoal de Getúlio Vargas, Gregório Fortunato, por iniciativa própria ou a mando de algum político getulista, contratou capangas para assassinarem o principal líder da oposição, o deputado e jornalista Carlos Lacerda, um dos maiores responsáveis pelas críticas que eram feitas ao presidente. Com isso, pretendeu-se silenciar o opositor, mas o resultado foi o pior possível para o governo que, segundo a imprensa, passou a se ver mergulhado em um "mar de lama". No atentado, saiu morto um oficial da Aeronáutica que trabalhava também como segurança do jornalista. A partir daí o governo expunha sua fragilidade: o crime cometido não tinha justificativas e, além do mais, ficou provado que fora arquitetado dentro do Palácio do Governo. Desgastado diante da opinião pública, Vargas escapa de uma nova deposição apelando para o suicídio.

O tiro que desfechou no coração, no dia 24 de agosto de 1954, veio acompanhado de uma carta-testamento que se transformaria num dos mais conhecidos documentos históricos brasileiros. Nela, Vargas fazia uma declaração nacionalista e de amor ao povo.

1ª página da carta-testamento
 

Anos mais tarde foi descoberta, nos arquivos pessoais de Getúlio guardados pela família, uma segunda versão dessa carta, escrita a mão por Vargas, cujo tom era parecido.

1ª página da versão manuscrita da carta


* Trecho retirado do livro:
Maria Celina D'Araujo, A Era Vargas. 1. ed. São Paulo: Moderna, 1997. 103p. il. (Coleção polêmica)

Para saber mais:
Você pode se informar melhor sobre a morte de Getúlio Vargas lendo alguns dos verbetes disponíveis do Dicionário Histórico-Biografico Brasileiro em nosso portal, tais como: Getulio Vargas, Carta Testamento, Carlos Lacerda, Cafe Filho, Última Hora.
Outros documentos e informações relacionadas ao assunto estão disponíveis on-line. Basta realizar a consulta em nossa base de dados Accessus.

Dica: na consulta, escolha TODOS OS ARQUIVOS, clique no tipo de documento AUDIOVISUAL, período de produção de 1954 a 1954, selecione da lista de assuntos Getúlio Vargas, e execute a pesquisa.

No resultado que lhe retornará, destacamos duas pastas de documentos: [AnC foto 038], com diversas fotos ilustrando aspectos do velório e do cortejo fúnebre, e [EAP foto 296] com fotos dos exames periciais de Vargas.

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.