A- A+

A Era Vargas: dos anos 20 a 1945
<<  João Cabanas

João Cabanas nasceu em São Paulo, em 1895.

Militar, cursou a Escola de Oficiais da Força Pública paulista, tendo também se bahacrelado pela Faculdade de Direito de São Paulo. Em 1924, teve participação ativa no levante tenentista deflagrado em São Paulo contra o governo de Artur Bernardes. A capital paulista esteve, então, por três semanas, sob o controle dos rebeldes. Após a retirada dos revolucionários da cidade, prolongou a luta pelo interior do estado comandando a Coluna da Morte. Nessa época, seus feitos militares estimulavam o aparecimento de muitas lendas sobre a sua pessoa, a quem se atribuía poderes sobre-humanos em combates e fugas espetaculares. Por conta disso, o governo colocou sua cabeça a prêmio por quinhentos contos. Exilou-se, então, no Uruguai, não integrando-se à Coluna Prestes, exército guerrilheiro nascido da unificação das forças rebeldes de São Paulo com as que haviam sublevado guarnições do Exército no interior gaúcho, também em 1924, sob a liderança de Luís Carlos Prestes.

Voltou ao Brasil em 1930 para participar do movimento revolucionário que depôs o presidente Washington Luís e levou Getulio Vargas ao poder. Nos anos seguintes, porém, decepcionou-se com os rumos do novo governo. Por essa época, ingressou no Partido Socialista Brasileiro de São Paulo. Em 1935, foi um dos articuladores da Aliança Nacional Libertadora (ANL), frente política de caráter antifascista lançada oficialmente em março de 1935. Foi importante militante da Aliança, participando de suas manifestações públicas e integrando caravanas que divulgavam o seu programa em diversos municípios brasileiros.

No final da década de 40, tornou-se um ativo defensor do monopólio estatal do petróleo. Em 1950, apoiou a candidatura presidencial de Getúlio Vargas. Nesse mesmo ano, concorreu a uma vaga na Câmara Federal por São Paulo, na legenda do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), obtendo apenas uma suplência. Assumiu, porém, o mandato temporariamente, entre abril de 1953 e agosto de 1954.

Morreu em São Paulo, em 1974.

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede