MESTRADO PROFISSIONAL
Estrutura curricular

Os alunos de Mestrado Profissional devem cursar duas disciplinas obrigatórias, dois seminários obrigatórios e quatro disciplinas optativas.

Disciplinas obrigatórias, ministradas no primeiro período do curso:

  • História do Brasil: a disciplina visa a discutir temas e questões centrais à história do Brasil Republicano, contemplando eventos, atores políticos e debates que marcaram a trajetória de constituição do Brasil moderno, com foco especial na implementação de políticas públicas que caracterizaram padrões governativos. Trata-se, sobretudo, de inscrever a dimensão histórica como um elemento fundamental de uma reflexão crítica sobre bens culturais e projetos sociais.
  • Cultura e Sociedade: visa a equipar os alunos com conceitos do campo das Ciências Sociais que os ajudem a pensar a sociedade e a cultura de forma mais qualificada, distanciando suas abordagens do senso comum e tornando-as mais reflexivas. O curso busca, também, contemplar temas relevantes para a sociedade brasileira contemporânea.

Seminários obrigatórios:

  • Seminário de trabalho de conclusão: ministrado sempre no segundo semestre do primeiro ano de curso, tem natureza metodológica. O professor responsável estimula a discussão coletiva dos objetos de pesquisa, refletindo sobre as opções metodológicas e os referenciais teóricos que podem ajudar a dar consistência a cada projeto.
  • Seminário tutorial: equivale à elaboração do texto da dissertação ou produto que será apresentado à banca de defesa, validado pelo orientador no último semestre do mestrado.

O trabalho de conclusão do Mestrado Profissional em Bens Culturais e Projetos Sociais pode seguir o padrão tradicional das dissertações de mestrado ou adotar um formato mais aplicado. Inventários analíticos de fundos arquivísticos, projetos de museus, projetos editorias voltados para a educação patrimonial, e sítios na internet, entre outros produtos, já foram apresentados como trabalhos de conclusão, sempre acompanhados de um memorial descritivo que situa o trabalho no campo no qual se insere, explica as opções metodológicas e avança em alguma reflexão substantiva acerca do tema proposto.

Cada disciplina do Mestrado Profissional equivale a três (3) créditos e tem a duração de 45horas/aula, e as disciplinas são sempre ministradas no horário de 18h30 às 21h30.

Diante da permanência de um cenário incerto quanto ao futuro da pandemia de COVID-19, em 2022 as disciplinas da Pós-Graduação serão oferecidas em formato remoto. Havendo possibilidade de retornar ao ensino híbrido (remoto e presencial), o PPHPBC buscará criar condições que mantenham a segurança sanitária de professores, funcionários e alunos. Não haverá, contudo, em 2022, exigência de presença física nas aulas, caso elas ocorram de modo híbrido.

Maiores informações sobre a estrutura curricular e outras orientações estão disponíveis no Regimento do PPHPBC.

 

NOTÍCIAS DA PÓS

O Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) abre seleção para uma vaga de bolsista PNPD/CAPES. Resultado final.

A contribuição da História Oral na produção e utilização de fontes para pesquisa. Dia 13 de outubro de 2015, das 9h às 17h, no auditório 1333.

Sessão IV: "Quem desloca tem preferência: ensaios sobre futebol, jornalismo e literatura". Com Marcelino Rodrigues(Professor Adjunto, UFMG). Debatedor: Bernardo Buarque de Hollanda (CPDOC/FGV). Dia 8 de outubro de 2015, das 14h às 16h, auditório 1333 - 13º andar.

Dias 06 e 07 de outubro de 2015, das 14h às 18h, auditório 318 - 3º andar. Confira a programação do evento.

Com mediação de Bernardo Buarque (FGV/CPDOC). Dia 6 de outubro de 2015, das 10h às 12h. Salão Nobre da FGV em São Paulo - 4º andar (Rua Itapeva, 432 - Bela Vista - São Paulo - SP).

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Ensino

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.