Mestrado e doutorado profissionais

Reconhecimento nacional e internacional
MELHOR FACULDADE PRIVADA DO BRASIL
TOPO DO RANKING GLOBAL DE THINK TANKS
CONCEITO NOTA 5 DA CAPES
   

O Programa

O Mestrado e Doutorado Profissionais em Bens Culturais e Projetos Sociais são voltados para aqueles que queiram atuar no planejamento, elaboração, desenvolvimento, gestão, assessoramento, difusão, acompanhamento ou avaliação de atividades e propostas voltadas para bens culturais e projetos sociais.

 

 

   
   

Por que escolher o Mestrado e Doutorado Profissionais?

Visão interdisciplinar

A interdisciplinaridade foi a inspiração original para a criação do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getulio Vargas (FGV CPDOC), que completou 48 anos de atividades em 2021. Esta perspectiva interdisciplinar se refletiu na definição da área de concentração do PPHPBC, em suas linhas de pesquisa e no perfil de seu corpo docente. No caso específico do segmento profissional, procura-se preparar o alunado para a implantação e a gestão de projetos de inovação, o aprimoramento de suas práticas e o desenvolvimento de uma perspectiva mais sofisticada na análise da realidade social, dentro dos termos teórico-metodológicos que caracterizam o campo da História e das Ciências Sociais. Pensado como um espaço de formação e atualização para quadros de nível superior que lidam ou tencionam lidar, de perspectiva aplicada, com pesquisa histórica e social, com a produção, preservação e difusão de bens culturais e com a elaboração e implementação de políticas voltadas para a área social, o PPHPBC oferece um treinamento centrado no enfrentamento dos desafios colocados diante dos profissionais da área dos acervos, das instituições de memória e dos projetos de impacto social. Buscamos prepara-los não apenas para torná-los aptos ao campo da cultura, mas também da administração, de políticas públicas, do turismo, do ensino, da comunicação, do esporte e do lazer, seja em empresas privadas, em organismos públicos ou do terceiro setor.

Linhas de pesquisa

O PPHPBC está organizado em torno da área de concentração “História, Política e Bens Culturais”, abordando pesquisas sobre a história republicana do país, funcionamento das instituições brasileiras, produção e conservação de bens culturais e concepção e implementação de projetos sociais e políticas públicas. No caso específico do segmento profissional, existem duas linhas de pesquisa que condessam esta rica diversidade temática. A primeira delas foi denominada “Bens Culturais” e proposta para reunir pesquisas sobre os itinerários investigativos que abordam os conceitos de patrimônio, cultura (material e imaterial), tradição e representação, pensados a partir de diferentes suportes e linguagens. A segunda linha refere-se à de “Projetos Sociais e Instituições”, que engloba os estudos sobre os processos de construção institucional e de tomada de decisão na estrutura do poder público; o papel de lideranças sociais, bem como suas múltiplas e complexas interfaces com as instituições políticas mais amplas; e as políticas públicas e seus reflexos na construção da cidadania. Nesta linha também estão incorporadas as pesquisas centradas na concepção, monitoramento e avaliação das ações de cunho social desenvolvidas por órgãos públicos, organizações da sociedade civil e empresas.

Corpo docente diferenciado

Todos os professores do PPHPBC têm doutorado e suas áreas de titulação variam entre história, antropologia, ciência política e sociologia, fazendo jûs à reconhecida vocação interdisciplinar da FGV CPDOC. A pluralidade do corpo docente extrapola a trajetória acadêmica, refletindo-se também em termos de gênero e tempo de titulação, o que amplifica a representatividade e interdisciplinaridade das agendas de pesquisa, garantindo um amplo leque teórico-metodológico em prol da formação discente diferenciada. Por outro lado, em comum, todos os professores compartilham o compromisso com a interdisciplinaridade e endosso de boas práticas de pesquisa, inclusive em termos de rigor teórico-metodológico. A maioria do quadro docente se dedica integralmente às atividades de ensino e pesquisa na FGV CPDOC, mantendo-se acessível ao alunado no dia-a-dia da instituição. Todos os professores permanentes do PPHPBC ministram disciplinas e orientam pesquisas de mestrado e doutorado regularmente. Também atuam em laboratórios de pesquisa, conduzem os próprios projetos de investigação e procuram irradiá-los em eventos nacionais e internacionais.

Compromisso com a internacionalização

O compromisso do PPHPBC com a internacionalização visa assegurar que docentes e discentes tenham uma experiência de formação intelectual e profissional de excelência no exterior. Graças aos convênios de intercâmbio mantidos pela FGV CPDOC com universidades estrangeiras, recebemos alunos de outros países em nossa pós-graduação e enviamos os discentes do PPHPBC para uma vivência internacional. Professores e alunos são incentivados a participar de eventos científicos internacionais e ampliar suas respectivas redes profissionais através da busca de cooperação em pesquisas estrangeiras. Mais recentemente, inclusive, o PPHPBC foi honrado com a aprovação do Projeto Institucional “Ciência de Dados e Ciências Sociais”, no âmbito do Programa Institucional de Internacionalização da CAPES, o Capes-Print, a fim de levar adiante este compromisso com a internacionalização da nossa pós-graduação. Seguimos buscando disponibilizar todos os estímulos possíveis para que discentes e docentes tenham oportunidade de aperfeiçoar e qualificar seu processo de formação em trocas estrangeiras capazes de potencializar seus saberes e vivências epistemológicas e profissionais.

Área de concentração e linhas de pesquisa

O Mestrado e Doutorado Profissionais tem uma única área de concentração e duas linhas de pesquisa. A area de concentração História, Política e Bens Culturais indica os campos de investimento intelectual no qual se concentra, historicamente, a atuação do CPDOC, abarcando os grandes eixos temáticos contemplados pelo Mestrado Profissional: a política e a cultura, sempre tomando como referenciais a história e a realidade brasileiras. Assim, tanto do ponto de vista dos bens culturais como dos projetos sociais, a dimensão política e histórica estão presentes tanto nos referenciais teóricos como nas perspectivas analítica que fundamentam os projetos desenvolvidos no âmbito do curso. 

Estrutura curricular

Mestrado
Os alunos de Mestrado Profissional devem cursar três disciplinas obrigatórias, três disciplinas optativas e dois seminários tutoriais. O trabalho de conclusão pode seguir o padrão tradicional das dissertações de mestrado ou adotar um formato mais aplicado. Inventários analíticos de fundos arquivísticos, projetos de museus, projetos editorias voltados para a educação patrimonial, e sítios na internet, entre outros produtos, já foram apresentados como trabalhos de conclusão, sempre acompanhados de um memorial descritivo que situa o trabalho no campo no qual se insere, explica as opções metodológicas e avança em alguma reflexão substantiva acerca do tema proposto. Cada disciplina do Mestrado Profissional equivale a três (3) créditos e tem a duração de 45horas/aula, e as disciplinas são sempre ministradas no horário de 18h30 às 21h30.  

Doutorado
Os alunos do Doutorado Profissional deverão cursar cinco disciplinas obrigatórias e uma disciplina eletiva. Os alunos também deverão cursar quatro seminários tutoriais com os orientadores. As atividades dos seminários tutoriais serão definidas pelo orientador. Cada disciplina do Doutorado Profissional equivale a três (3) créditos e tem a duração de 45 horas/aula. As disciplinas são sempre ministradas no horário de 18h30 às 21h30. O trabalho de conclusão não é uma tese acadêmica convencional. Ele deverá ter o formato de produto, sempre acompanhado de um memorial descritivo, que situa o trabalho no campo no qual se insere, explica as opções metodológicas e avança em alguma reflexão substantiva acerca do tema proposto. São exemplos de produtos que podem ser apresentados como trabalho final: inventários analíticos de fundos arquivísticos, projetos de museus ou de centros de memória, projetos editoriais voltados para a educação patrimonial e sítios na internet.

 

Saiba mais sobre o fluxograma dos cursos  

 

Vivência internacional

Ao longo dos anos, o CPDOC tem trabalhado para promover e expandir cooperações internacionais com institutos de pesquisa e de ensino superior internacionais, através de conferências conjuntas, eventos, seminários, cursos, projetos de pesquisa e publicações. Além disso, o centro também tem elevado o nível de promoção e intercâmbio entre faculdade, pesquisadores e estudantes.

 

Vivencia internacional

Programa Capes Print

O objetivo do Programa Institucional de Internacionalização da CAPES é fomentar a construção, a implementação e a consolidação de planos estratégicos de internacionalização da pós-graduação. A participação do CPDOC no Programa se dá por meio do tema “Inovação e Tecnologia”, no qual se insere o Projeto Institucional “Ciência de Dados e Ciências Sociais”.

 

Conheça mais sobre a nossa Infraestrutura  Infraestrutura