Pesquisas

Projeto Difusão e Educação Patrimonial

O projeto promove a inclusão social por meio da educação patrimonial, ampliando seu uso e seu acesso pela sociedade. Desenvolvendo atividades presenciais e à distância para alunos dos ensinos fundamental e médio, graduação em História, Ciências Sociais, Arquivologia e áreas afins e profissionais da área de educação e acervo, diversificando nosso público.

O Projeto Difusão e Educação Patrimonial foi criado em 2017, com o intuito de potencializar o acesso e a difusão do acervo histórico do CPDOC. Coordenado por Martina Spohr e Daniele Amado, vem desenvolvendo produtos e atividades que aproximam o público em geral do acervo. O projeto busca promover a inclusão social por meio da educação patrimonial, ampliando seu uso e seu acesso pela sociedade. Desenvolvemos atividades presenciais e à distância para alunos dos ensinos fundamental e médio, graduação em História, Ciências Sociais, Arquivologia e áreas afins e profissionais da área de educação e acervo, diversificando nosso público.

Em 2018, o Projeto lançou a Exposição Virtual “Saio da Vida para entrar na História: Getúlio Vargas e a Propaganda Política (1930-1954), com documentos textuais, áudios, vídeos, fotografias e atividades educativas sobre os governos Vargas, com ênfase no arquivo pessoal do ex-presidente Getúlio Vargas. Os documentos e as atividades podem ser baixados, compartilhados, ou acessados diretamente na exposição, facilitando o seu acesso e uso por professores, alunos e o público em geral.

O Projeto também oferece duas vezes ao ano, a Oficina Uso de Fontes Históricas em Sala de Aula, com o objetivo de capacitar professores e alunos de graduação a utilizarem fontes históricas nas salas de aula. A oficina tem como trabalho final a produção de um material didático com a utilização de documento do acervo do CPDOC. Desde 2020, devido à pandemia de COVID-19, as oficinas acontecem no formato virtual, possibilitando a participação de professores de todo o país.

Como forma de aproximar ainda mais os alunos e professores do acervo histórico do CPDOC, mesmo em um contexto pandêmico, o Projeto criou o Escola no Acervo, uma iniciativa de visitas virtuais temáticas guiadas sobre o acervo, fazendo um passeio pelo mundo dos documentos e suas abordagens temáticas. As visitas são mediadas pela equipe do projeto e contam com jogos e curiosidades sobre os documentos.

Em 2022, inauguraremos a Sala Educativa Escola no Acervo, com visitas presenciais para o público escolar. A sala conta com atividades multimídias interativas sobre arquivos pessoais, privilegiando o contexto histórico-temporal das décadas de 1930 a 1950, com ênfase no arquivo pessoal do ex-presidente Getúlio Vargas e em seus governos. Ainda esse ano, lançaremos um game app, sobre a temática da pesquisa em arquivos, para ser jogado de forma gratuita pelo celular.

Saiba mais na nossa página Difusão e Educação Patrimonial.