A- A+

Acontece no CPDOC

      << VOLTAR

  

Dossiê “130 anos de abolição no Brasil: Permanências e transformações”

Mosaico é a revista discente do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (PPHPBC) da Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (FGV/CPDOC) que tem como objetivo divulgar artigos e outras produções voltadas para as áreas de Ciências Humanas e Sociais.

No dia 13 de maio desse ano, relembramos os 130 anos do decreto que proibiu a escravidão no Brasil, a Lei Áurea. Foram mais de três séculos de escravidão documentada a partir da política estatal, cujos efeitos recaem em nossos índices sociais ainda na atualidade. De acordo com o que fora apontado por Neusa Santos(SOUZA, Neusa Santos. Tornar-se Negro. Rio de Janeiro: Graal, 1983, p. 19.), a sociedade escravista, ao fazer do negro o pilar constitutivo da escravidão, “[...] demarcou o seu lugar, a maneira de tratar e ser tratado, os padrões de interação com o branco [...]” Contudo, apesar da abolição da escravidão, a espoliação social se mantém e busca novos elementos que a justifiquem, de modo a garantir os mesmos limites estreitos de participação da antiga ordem social.

A história apresentada nos livros didáticos e nas narrativas oficiais valorizam de forma inequívoca os efeitos da promulgação dessa lei, assim como os interesses políticos e econômicos envolvidos no contexto social no qual o enredo abolicionista se desenvolveu. Simultaneamente, os povos escravizados permaneceram sendo analisados enquanto objetos e menos como agentes produtores de saberes.

Nesse sentido, faz-se necessário perceber que em pleno século XXI, ainda vivemos sob a herança escravista e colonizadora, em uma sociedade construída a partir de privilégios que ainda a sustentam. Como nas palavras da historiadora Giovana Xavier(Artigo publicado no Nexo: “A “escrevivência” do pós-abolição: histórias que não se apagam”.), “A história do pós-abolição tem mais a ver com o que começa depois do 13 de maio de 1888 do que com aquilo que termina com a assinatura da Lei Áurea”, ou seja, embora não possamos desconsiderar a importância do fato histórico de proibição da escravidão, é imprescindível compreender que o processo de dominação dos povos africanos e seus descendentes, bem como a resistência do mesmo ao longo desses anos, deve ser analisada e visibilizada como pauta.

Atualmente vivemos o crescimento do debate acadêmico acerca da importância dos sujeitos que foram esquecidos e das narrativas silenciadas no pós-abolição. Dessa forma, a revista Mosaico abre chamada para o recebimento de artigos sobre os efeitos dos 130 anos de abolição, com o objetivo de divulgar estudos sobre o tema, bem como provocar o debate nas Ciências Humanas.

O prazo para envio das produções acadêmicas se encerrará no dia 21 de agosto de 2018 e a previsão de publicação é dezembro de 2018.

Para detalhes acerca de nossas regras de submissão, acessem: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/mosaico/about/submissions#authorGuidelines

 

  Twitter Facebook Youtube Flickr Eclass      Mais   

CALENDÁRIO DE EVENTOS

«  
  »
D S T Q Q S S
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
31
 
 

NOTÍCIAS E EVENTOS

A revista discente do Programa de Pós Graduação em História, Política e Bens Culturais do CPDOC convida os interessados para que enviem seus trabalhos para o dossiê '130 anos de abolição no Brasil: Permanências e transformações'. O prazo para submissão é 21 de agosto de 2018.

Sessão do Cineclube FGV com exibição do filme "Divinas Divas", dirigido por Leandra Leal, seguida de debate com as realizadoras. Dia 30 de agosto de 2018, às 18h. Auditório 415 da Fundação Getulio Vargas - Praia de Botafogo, 190. Entrada gratuita.

Alunos de graduação e pós-graduação estão convidados a submeterem propostas de realização de documentários com a temática "Mulheres na História". Os selecionados participarão de oficinas e terão a oportunidade de colocar em prática o conhecimento adquirido. Submissão de propostas até 31 de agosto de 2018. Clique para saber mais.

Será realizada na Cidade do Cabo, África do Sul, de 8 a 11 de janeiro de 2019. A IDPPA é uma aliança global entre 9 instituições do Brasil, China, Rússia, Índia, África do Sul, Turquia, Egito, Malásia e Tailândia, que tem o propósito de conectar estudiosos e profissionais das principais economias emergentes para colaborar nas áreas de pesquisa, ensino e ação política. Submissões de trabalho até 15 de setembro de 2018.

Temas e prazos:

Nº 66: Escravidão e Liberdade nas Américas

  • Prazo de submissão entre 01/09/2018 a 01/11/2018
  • Lançamento em 01/04/2019

Nº 67: História das Ciências Humanas e Sociais

  • Prazo de submissão entre 01/01/2019 a 01/03/2019
  • Lançamento em 01/08/2019

Evento promovido pela Rede Internacional de Análise do Corporativismo e da Organização de Interesses (NETCOR), entre os dias 22 e 24 de outubro de 2018. 

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2017. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

randomness