A- A+

Futebol, Memória e Patrimônio
<<  MARCO ANTONIO
Marco Antonio

Nasceu no dia 6 de fevereiro de 1951, na cidade de Santos, São Paulo. Viveu no litoral paulista até os quinze anos, atuando nas categorias de base da Portuguesa Santista. Em 1968, mudou-se para o Rio de Janeiro. Tornou-se atleta profissional na capital carioca. Jogou no Fluminense, tendo sido recomendado por Carlos Alberto Torres. No ano seguinte, conquistou o primeiro título estadual. O lateral-esquerdo atuou pela equipe das Laranjeiras em 330 ocasiões e marcou 29 gols. Ainda em 1969, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira. Com apenas 19 anos de idade, já estava no grupo que foi à Copa do Mundo de 1970 no México. No mesmo ano, conquistou o Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Entre 1970 e 1974, acumulou muitos títulos pelo Fluminense e continuou sendo convocado para a Seleção. Em 1976, foi negociado com o Vasco, onde foi capitão e campeão carioca pela quinta vez em 1977, além de vencer a eleição do troféu Bola de Prata mais uma vez. Pela Seleção, disputou ao todo quarenta partidas jogos. Em 1980, foi para o Bangu e três anos mais tarde chegou ao Botafogo. Encerrou sua carreira como atleta profissional em 1984. Trabalhou como empresário de futebol, foi auxiliar técnico e jogou pela Seleção Brasileira de masters. Na ocasião em que concedeu a entrevista, dedicava-se a cuidar de escolinhas de futebol.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 22.12.2011

  SumarioMarcoAntonio.pdf

Clique para assistir
1º Bloco
A infância em Santos; a família; lembranças da cidade de Santos.
 
Clique para assistir
2º Bloco
O início no futebol; o primeiro clube, a Associação Atlética Portuguesa;a torcida pelo Sociedade Esportiva Palmeiras; a opção por seguir carreira como jogador; a vontade em ir jogar no Rio de Janeiro; a torcida pelo Associação Desportiva Vasco da Gama.
 
Clique para assistir
3º Bloco
A ida para o FluminenseFootball Club; os torneios disputados; as viagens para o exterior com o time; lembranças das Copas de 1958 e 1962; a mudança de posição como meio de campo para lateral-esquerdo; ídolos do futebol.
 
Clique para assistir
4º Bloco
A convocação para a Copa do Mundo de 1970; a inclusão na lista dos convocados do técnico João Saldanha; a experiência de jogar no estádio do Maracanã; o jogo entre as seleções paulistas e cariocas, em 1969; o jogo do milésimo gol de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé; a importância de Pelé na seleção brasileira.
 
Clique para assistir
5º Bloco
Antecedentes da Copa de 1970; a demissão de João Saldanha e a chegada do técnico Mário Jorge Lobo Zagallo; o apoio da torcida mexicana; o ambiente da seleção; o esquema tático de Zagallo.
 
Clique para assistir
6º Bloco
A Copa de 1970, primeira parte; a perda da posição de titular para Everaldo Marques da Silva; a entrada no jogo entre Brasil e Peru; a diferença no estilo de jogar em relação à Everaldo; o alto nível técnico dos jogadores da seleção; o preparamento físico da seleção; a conciliação entre os treinos e a vida social dos jogadores.
 
Clique para assistir
7º Bloco
A Copa de 1970, segunda parte; a importância simbólica da conquista da Copa; a questão do regime militar; a final da Copa, contra a Itália; a comemoração do título.
 
Clique para assistir
8º Bloco
Títulos conquistados pelo Fluminense; a conquista do campeonato carioca de 1971; o título do campeonato brasileiro de 1970; a “máquina tricolor”; a separação entre a carreira profissional e a condição como torcedor.
 
Clique para assistir
9º Bloco
A Copa de 1974; análise de Francisco das Chagas Marinho, o Marinho Chagas, lateral-esquerdo do Botafogode Futebol e Regatase titular da seleção em 1974; a posição como reserva em 1974; o ambiente da seleção em 1974; o diferencial do time da Holanda; a questão do imprensa; comparação entre seu estilo de jogo e o de Marinho Chagas; o retorno ao Brasil após a derrota.
 
Clique para assistir
10º Bloco
A saída do Fluminense; o retorno ao clube após a Copa; a transferência para o Vasco; a escolha como capitão do time; a identificação com o Vasco.
 
Clique para assistir
11º Bloco
A passagem pelo Vasco da Gama; grandes treinadores com quem trabalhou; a relação entre os jogadores e o treinador; a não convocação para a Copa de 1978; jogos contra o Clube de Regatas do Flamengo; o desinteresse em atuar no exterior.
 
Clique para assistir
12º Bloco
O fim da carreira e a Copa de 1982; a ida para o Bangu Atlético Clube; a figura de Castor de Andrade, patrono do time; a escolha por encerrar a carreira; análise do lateral-esquerdo da Copa de 1982, Leovegildo Lins da Gama Júnior, mais conhecido como Júnior; a seleção brasileira atualmente.
 
Clique para assistir
13º Bloco
Trajetória após a aposentadoria; a manutenção do vinculo com o futebol; o prêmio concedido aos jogadores da Copa de 1970; a mudança no estilo dos jogadores de futebol; a relação com o juiz, enquanto jogador; melhores lembranças do futebol; a vida familiar.
 
Clique para assistir
14º Bloco
Os novos talentos do futebol; a importância da família para um futebolista; a fábrica de talentos do time do Santos; a relação com a cidade de Santos atualmente; o trabalho em uma escolinha do governo.
 
 

 

Topo da Página TRANSCRIÇÃO NA ÍNTEGRA

TranscricaoMarcoAntonio.pdf

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.