A- A+

Futebol, Memória e Patrimônio
<<  JAIR MARINHO
Jair Marinho

Jair Marinho de Oliveira nasceu em Santo Antônio de Pádua, no interior do estado do Rio de Janeiro, no dia dezessete de julho de 1936. Ainda criança, mudou-se para Niterói. Começou a jogar futebol na várzea e passou destacar-se no Niteroiense. Em 1954, após ser convocado para a Seleção Brasileira, na categoria Juvenil, o Fluminense o contratou. Assim, aos dezoito anos, já atuava nas categorias de base do tricolor carioca. Em 1957 torna-se atleta profissional do Fluminense, onde joga até 1963. Campeão carioca por duas vezes, contabilizou 257 jogos. As boas atuações no clube das Laranjeiras resultaram na sua convocação para a Seleção que disputaria a Copa de 1962. Durante a competição no Chile, foi reserva de Djalma Santos em todos os jogos. Na Seleção, vestiu a camisa verde-amarela em quatro partidas preparatórias para a Copa. Dois anos mais tarde, foi negociado com o futebol paulista e passou a jogar na Portuguesa de Desportos. Sua transferência é justificada por uma questão salarial. Naquele ano, a Lusa fez uma campanha vitoriosa, mas perdeu o título na última rodada, para o Santos de Pelé. Em 1965, transfere-se para o Corinthians e joga no clube da Rua São Jorge até 1967. O clube marca sua carreira, por ter uma torcida de massa. Jogou no Vasco e no Campo Grande. Parou de jogar em 1970. Em 2006 integrou o grupo musical Legendários do Brasil, ao lado de Marco Antônio, Brito, Roberto Miranda, Jairzinho e Altair, entre outros atletas. Gravou um CD e excursionou pela Europa durante a Copa da Alemanha. Atualmente, é membro da Associação dos Campeões do Mundo do Brasil e vive em Niterói.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 20.08.2012

  SumarioJairMarinho.pdf

Clique para assistir
1º Bloco
A infância em Santo Antônio de Pádua; os jogadores de futebol nascidos em sua cidade Natal; a meta de ser jogador de futebol; o apoio da família; a experiência treinando jogadores de futebol; a paixão pelo Fluminense Football Club; o histórico dos clubes que passou; o seu estilo como lateral; a ida para a Seleção Brasileira aos 15 anos; lembranças das Copas do Mundo de 1950, 1954 e 1958.
 
Clique para assistir
2º Bloco
O aprendizado de observar outros jogadores em campo; os jogadores ilustres de seu tempo; a meta de jogar na Seleção Brasileira; o excesso de preparação física na atualidade; a preocupação com a Seleção Brasileira para a Copa de 2014; a fama aristocrata do Fluminense; a decisão de morar em Niterói após a contratação do Fluminense; a amizade com Altair Gomes de Figueiredo.
 
Clique para assistir
3º Bloco
A boa recepção no Sport Club Corinthians Paulista (1965); a convocação para a Taça Oswaldo Cruz e Taça Bernardo O'Higgins (1961) e a experiência inicial na Seleção Brasileira; a Seleção Brasileira de 1958; a convocação para a Copa do Mundo de 1962, como reserva do jogador Djalma Santos.
 
Clique para assistir
4º Bloco
A influência dos jogadores da Seleção de 1958 na Copa de 1962; os jogos da primeira fase da Copa de 1962; o aprendizado com Manuel Francisco dos Santos (Garrincha); a autoconfiança do time brasileiro na semifinal contra o Chile; a comemoração de cinquenta anos da Copa do Mundo de 1962 com os ex-jogadores da seleção da Tchecoslováquia (2012); as lembranças da chegada aos Brasil após a vitória da Copa do Mundo de 1962.
 
Clique para assistir
5º Bloco
A saída do Fluminense (1963) e a ida para o Corinthians (1965); a gratidão pelo reconhecimento obtido no Corinthians; a posição de capitão no Corinthians; a passagem pela Associação Portuguesa de Desportos (1964 – 1965); o bom trabalho feito no Corinthians (1965 – 1967); os companheiros da Portuguesa que indicou para o time do Corinthians.
 
Clique para assistir
6º Bloco
As excursões pelo Brasil durante o período no Fluminense (1956 – 1963); regiões Norte e Nordeste; a ida para os Estados Unidos; a ida para o México; o passeio de camelo no Egito; a temporada no Club de Regatas Vasco da Gama (1967); o treinado Gentil Alves Cardoso; o encerramento da carreira em 1970, no Campo Grande Atlético Clube.
 
Clique para assistir
7º Bloco
O período treinando jogadores mirim e pré-mirim; os jogadores formados no seu centro esportivo; a dificuldade de ser formar jogadores de futebol na atualidade, devido à falta de investimentos dos grandes clubes; as qualidades de um bom treinador; a importância dada ao treinamento físico, sobre o treinamento técnico; críticas ao treinamento da Seleção Brasileira.
 

 

Topo da Página TRANSCRIÇÃO NA ÍNTEGRA

TranscricaoJairMarinho.pdf

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.