Luís Roberto Cardoso de Oliveira

Todas as entrevistas  

Luís Roberto Cardoso de Oliveira graduou-se em Ciências Sociais pela UnB, em 1977. Obteve o título de Doutor em Antropologia pela Harvard University em 1989.  Foi presidente da Associação Brasileira de Antropologia de 2006 a 2008. Foi professor visitante na Université de Montréal, no Canadá, de 1995 a 1996, na Maison des Sciences de I’Homme, na França, em 2006, e professor convidado na Université Diderot Paris 7, Sorbonne Paris Cité, em 2012. Atualmente, é professor titular do Departamento de Antropologia da UNB.

  • Minutagem

    • 00:00:33 Origens e trajetórias.
    • 00:05:10 A escolha das Ciências Sociais por exclusão.
    • 00:06:08 A mudança para os Estados Unidos e a nova relação com os estudos e a maneira de ver o mundo.
    • 00:11:56 A volta para Brasília e o alistamento no serviço militar obrigatório
    • 00:12:56 A relação com a polícia e os colegas da faculdade.
    • 00:17:02 A relação com os professores que eram amigos dos seus pais e o conheciam desde a infância.
    • 00:20:54 A dificuldade para trabalho de campo em áreas indígenas e a assistência ao survey do pai no estudo do movimento da cruz e os Tikunas.
    • 00:24:08 A posição de ser um pesquisador na mesma área de prestígio do seu pai.
    • 00:27:23 A decisão pelo mestrado no Museu Nacional.
    • 00:32:38 As oportunidades de doutorado fora do Brasil.
    • 00:34:07 A seleção dos alunos em Harvard e a definição do orientador.
    • 00:36:46 A pesquisa no Doutorado.
    • 00:49:22 As diferenças de formação em Harvard: a figura intelectual no Brasil e nos Estados Unidos.
    • 00:54:35 O nascimento da segunda filha e a disponibilidade para os estudos.
    • 00:56:45 A conclusão do doutorado e o concurso para a UnB.
    • 01:10:46 As relações Canadá, EUA, Brasil e França.
    • 01:25:25 Experiências internacionais: a adaptação aos Estados Unidos e Canadá.
    • 01:31:07 O interesse pelo aprofundamento das concepções de igualdade.
    • 01:40:14 A diferença dos diálogos dos antropólogos brasileiros e os brasilianistas.
    • 01:43:20 Presidência da Associação Brasileira dos Antropólogos (ABA).
    • 01:51:43 Antropólogos sem Fronteira.
    © Todos os direitos reservados à FGV.

 

 

Aviso importante:
Transcrições de entrevistas estão sempre sujeitas a erros. Elas são aqui disponibilizadas apenas com o intuito de facilitar a pesquisa, não devendo substituir a consulta ao documento audiovisual. Caso você perceba algum erro, por favor avise-nos através do Fale Conosco ou da ferramenta Colabore, disponível no sistema de acervo do CPDOC (é preciso estar registrado para utilizar esta ferramenta).