Fernando Limongi

Todas as entrevistas  

Fernando Limongi graduou-se em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo em 1982. Obteve título de Mestre em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas em 1988 e título de Doutor também em Ciência Política pela University of Chicago em 1993. Em 2009 passou a atuar como pesquisador sênior do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). Em 2006 tomou posse do cargo de professor titular da Universidade de São Paulo, atuando também, a partir 2009, como pesquisador-coordenador de projetos do Centro de Estudos da Metrópole (CEM).

Para demais informações e publicações do autor, seu currículo lattes.

  • Minutagem

    • 00:00:33 Formação, vida escolar e trajetória familiar.
    • 00:03:27 O interesse por política.
    • 00:04:45 Ingresso no vestibular em Ciências Sociais pela USP em 1978.
    • 00:07:33 Inicio de carreira aplicando aulas para colégio primário.
    • 00:10:17 Professores marcantes em sua formação.
    • 00:15:36 A escolha por ciências políticas
    • 00:20:32 O momento em que decide se iniciar na vida acadêmica.
    • 00:24:14 Inicio do mestrado em 1983.
    • 00:34:43 Decisão definitiva de seguir a carreira acadêmica.
    • 00:36:53 Pesquisas teóricas na Fundap e na Fapesp.
    • 00:39:47 Projeto da História das Ciência Sociais no Idesp com Maria Hermínia.
    • 00:50:31 Concurso para uma vaga de substituição na USP em 1986.
    • 00:55:43 A reformulação no regimento da USP.
    • 01:01:39 A experiência como professor da USP e primeiras disciplinas que aplicou.
    • 01:06:21 Período de baixa e o período de explosão e novas contratações no departamento de ciências sociais e ciências da USP e a criação do departamento próprio de ciências políticas.
    • 01:08:44 O doutorado em Chicago.
    • 01:26:23 A pouca experiência e as dificuldades com pesquisa quantitativa.
    • 01:32:19 O funcionamento da academia americana.
    • 01:43:43 A volta para o Brasil e o nascimento de seu filho em 1993.
    • 01:46:10 Pouca interação com a sociedade e cultura norte-americana no período em que lá esteve.
    • 01:49:48 Readaptação ao modelo de pesquisa brasileiro.
    • 01:52:16 Pesquisa no Cebrap com Argelina sobre o congresso brasileiro.
    • 02:11:40 A divisão de opiniões e as consequências da pesquisa para o debate político institucional brasileiro.
    • 02:23:14 O Período em que foi presidente do Cebrap e o problema de crise e financiamentos.
    • 02:35:45 Reflexão acerca do sistema de formação acadêmica no Brasil.
    • 02:44:34 A necessidade de produção dentro do universo acadêmico.
    • 02:56:09 O período de sua vida de baixa produtividade e o envolvimento com a gestão do Cebrap.
    • 03:00:39 O governo representativo no Brasil e o funcionamento das eleições.
    • 03:08:37 Os livros mais marcantes para sua vida acadêmica.  
    © Todos os direitos reservados à FGV.

 

 

Aviso importante:
Transcrições de entrevistas estão sempre sujeitas a erros. Elas são aqui disponibilizadas apenas com o intuito de facilitar a pesquisa, não devendo substituir a consulta ao documento audiovisual. Caso você perceba algum erro, por favor avise-nos através do Fale Conosco ou da ferramenta Colabore, disponível no sistema de acervo do CPDOC (é preciso estar registrado para utilizar esta ferramenta).