Antonio Arantes Augusto Neto

Todas as entrevistas  

Antonio Arantes Augusto Neto nasceu em São Paulo. Obteve o título de Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo – USP em 1965. Tornou-se Mestre em Antropologia pela mesma universidade, em 1969. Concluiu seu doutorado em Antropologia Social pelo King’s College, da Universidade de Cambridge, em 1978. Foi um dos criadores do Departamento de Antropologia da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, ao qual está vinculado desde 1968. Foi ainda presidente da Associação Brasileira de Antropologia e Secretário Geral da Associação Latino Americana de Antropologia. Atualmente, é professor titular convidado de Antropologia da Unicamp.

  • Minutagem

    Primeira entrevista: 5 de agosto de 2014

    • 00:00:33 Origem e Formação. 
    • 00:06:09 Política e Ciências Sociais.
    • 00:10:07 Círculo de professores e estágio em antropologia.
    • 00:16:40 Aulas durante o Regime Militar e o desligamento como professor da USP.
    • 00:20:57 Aprofundamento em Antropologia.
    • 00:31:50 A vida como professor na graduação.
    © Todos os direitos reservados à FGV.
  • Minutagem

    Segunda entrevista: 25 de setembro de 2014

    • 00:00:33 Ida para a Inglaterra realizar pós-Graduação na Universidade de Cambridge e a relação com o antropólogo Edmund Leach.
    • 00:12:13 Criação do Departamento de Antropologia da Unicamp.
    • 00:15:01 Diálogo com a Linguística e o Estruturalismo.
    • 00:18:04 Criação do programa de mestrado.
    • 00:23:07 Pesquisando cultura popular.
    • 00:31:23 Literatura de cordel e antropologia, nordeste e folclore.
    • 00:37:24 Publicação do livro "O que é cultura popular".
    • 00:40:49 Contexto histórico do processo de abertura política e as reuniões da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).
    • 00:51:30 Experiência como secretário municipal de cultura de Campinas.
    • 00:57:45 Experiência como presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA).
    • 01:09:12 Patrimônio imaterial.
    • 01:11:18 Elaboração do Inventário Nacional de Referências Culturais.
    • 01:21:44 Presidência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
    • 01:38:29 Invasão do gabinete de IPHAN.
    • 01:41:23 Conflitos internos e saída do IPHAN.
    • 01:48:33 Volta à Unicamp como professor associado e desenvolvimento de novos projetos.
    • 01:51:18 Criação de uma rede de estudos entre Brasil e Coimbra sobre Cultura e Cidade.
    • 01:55:59 Experiência em Moçambique a convite da United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO).
    • 02:06:34 Importância da obra "Repensando a antropologia", de Edmund Leach, em sua trajetória acadêmica.
    © Todos os direitos reservados à FGV.

 

 

Aviso importante:
Transcrições de entrevistas estão sempre sujeitas a erros. Elas são aqui disponibilizadas apenas com o intuito de facilitar a pesquisa, não devendo substituir a consulta ao documento audiovisual. Caso você perceba algum erro, por favor avise-nos através do Fale Conosco ou da ferramenta Colabore, disponível no sistema de acervo do CPDOC (é preciso estar registrado para utilizar esta ferramenta).