A- A+

Memória das Ciências Sociais no Brasil
<< JULIA GUIVANT

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

 

MINUTAGEM
  • 00:00:33 Origens familiares; a imigração dos avós da Europa para a Argentina;
  • 00:04:56 A atividade agrícola do pai; o casamento e a vida dos pais;
  • 00:06:38 A abertura de uma pensão para estudantes judeus oriundos da zona rural por parte da avó e o trabalho do avô como distribuidor de cinema;
  • 00:08:18 A importância da questão intelectual na família materna; o trabalho da família com cinema;
  • 00:09:40 A importância do judaísmo na família;
  • 00:10:42 O antissemitismo na Argentina durante a sua infância e juventude;
  • 00:13:31 Os anos de estudo e formação;
  • 00:14:25 A influência e importância do campo na sua vida; o estudo em escolas públicas; o autodidatismo e a formação no Ensino Médio;
  • 00:16:04 A escolha em estudar Filosofia; os professores na Universidad Nacional del Sur; o interesse por autores anarquistas e a formação ideológica eclética;
  • 00:18:52 O envolvimento com o peronismo, nos anos 1970; o clima político na Argentina em 1973;
  • 00:19:56 O início da atividade profissional; o contato com a semiologia; a formação em 1974 e a contratação pela Universidad Nacional del Comahue; a intervenção nas universidades argentinas e a demissão; a militância nas unidades de base e o não envolvimento na luta armada;
  • 00:24:22 O surgimento de um período obscuro na Argentina e a desestruturação dos programas de pós-graduação durante as ditaduras; o ingresso no mestrado na Fundação Bariloche;
  • 00:27:14 A ida para Bariloche e o golpe militar na Argentina, em 1976; a volta à Bahía Blanca ao fim do semestre; a perseguição aos professores da Universidad Nacional del Sur; a ida com o marido e o pai para Buenos Aires.
  • 00:29:35 A saída da Argentina e a ida para São Paulo; a ida ao Centro Brasileiro de Pesquisa e Planejamento (CEBRAP) e o contato inicial com Octavio Ianni e Fernando Henrique Cardoso.
  • 00:33:16 O acompanhamento da situação na Argentina e a perda de amigos para a ditadura argentina;
  • 00:34:21 A vida em São Paulo;
  • 00:36:21 Comentários e percepções sobre a ditadura militar brasileira em comparação com a argentina;
  • 00:38:20 A entrada no mestrado em Sociologia na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); a importância de Mariza Corrêa e a criação de um grupo feminista de conscientização; a volta à Argentina em função da pesquisa de mestrado;
  • 00:43:45 A ida para Florianópolis e o fim do mestrado, em 1980; a organização de um grupo feminista em Florianópolis; o início da docência; a ida aos Estados Unidos; o contato com a obra de Joan Scott e a reescrita da dissertação de mestrado;
  • 00:49:24 A volta ao Brasil e o início da participação na Anpocs no grupo mulher e política; as remodelações dentro do grupo e sua subsequente saída; a entrada no doutorado na Unicamp;
  • 00:51:31 A mudança na área de pesquisa; a identificação com o tema da produção alimentar;
  • 00:53:49 A experiência do doutorado sanduíche nos Estados Unidos; o interesse pela leitura; a importância da experiência nos EUA e os avanços nos estudos sobre sustentabilidade; a área da sociologia ambiental e a sociologia rural no Brasil na época do doutorado;
  • 00:59:53 A conciliação entre vida acadêmica e maternidade; a estrutura universitária que possibilitou o doutorado sanduíche;
  • 01:05:47 O retorno ao Brasil e a defesa da tese de doutorado em 1992; o grupo de meio ambiente e sociedade na Anpocs; a criação da Associação Nacional de Pesquisa em Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade; a presidência da Associação de 2008 a 2010; a participação em grupos e associações internacionais;
  • 01:13:10 A articulação entre os temas de pesquisa;
  • 01:14:49 A trajetória acadêmica na Universidade Federal de Santa Catarina; a interrupção da sociabilidade internacional devido à pandemia do novo coronavírus;
  • 01:17:32 Comentários sobre a influência e o contato com Ulrich Beck; a participação em um projeto organizado por Ulrich Beck e o trabalho sobre a certificação da soja sustentável; a parceria com Beck e o impacto de sua morte;
  • 01:25:24 A participação no debate público; a participação no Fórum Catarinense de Combate aos Agrotóxicos; os cursos ministrados;
  • 01:28:16 O trabalho com questões que envolvem comunicação de risco; a luta contra o negacionismo e as fake News e os desafios da comunicação científica;
  • 01:33:17 A constituição e o desenvolvimento do campo de pesquisa da sociologia ambiental; a influência de Beck e Anthony Giddens para o campo da sociologia ambiental; a centralidade da questão ambiental dentro das ciências sociais; o pessimismo sobre o futuro pós pandemia;
  • 01:38:49 A ascensão da extrema direita no mundo; as radicalizações e polarizações na política;
  • 01:43:20 Os descompassos entre o tempo da pesquisa e o tempo dos acontecimentos e notícias no mundo;
  • 01:45:46 O papel da imigração na família da entrevistada; o acolhimento e recepção no Brasil;
  • 01:49:03 Obras marcantes.
Topo da PáginaTRANSCRIÇÃO

Entrevista2519.pdf

 

Aviso importante:
Transcrições de entrevistas estão sempre sujeitas a erros. Elas são aqui disponibilizadas apenas com o intuito de facilitar a pesquisa, não devendo substituir a consulta ao documento audiovisual. Caso você perceba algum erro, por favor avise-nos através do Fale Conosco ou da ferramenta Colabore, disponível no sistema de acervo do CPDOC (é preciso estar registrado para utilizar esta ferramenta).

 

Memória das Ciências Sociais no Brasil

Memória das Ciências Sociais em Portugal

Memória das Ciências Sociais em Moçambique


 

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Ensino

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.