A- A+

Trajetória e pensamento das elites do agronegócio de São Paulo
<<  PAULO DE ARAÚJO RODRIGUES
Paulo de Araújo Rodrigues

Paulo Araújo Rodrigues nasceu no município de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, no dia 30 de setembro de 1967, filho mais velho de João Roberto Rodrigues e Eloísa Helena de Araújo Rodrigues. Seu avô paterno Antônio José Rodrigues Filho, bem como seu pai Roberto Rodrigues, foram além de lideranças políticas de destaque também promotores de mudanças importantes na gestão do setor agrícola. Filho e neto de engenheiros agrônomos formados pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), desde a infância convivia com a atividade agrícola no campo. Viveu no Condomínio Santa Izabel até início da década 1980, quando a família transfere residência para um domicilio na cidade de Jaboticabal/SP para que Paulo e os irmãos pudessem frequentar o Colégio Santo André. Conclui o ensino médio e ingressa no curso de Engenharia Agronômica na Esalq (1985). Neste período a família se transfere para São Paulo devido as atividades políticas do pai, e a Fazenda volta a ser o centro de reunião da família nos finais de semana. Conclui a graduação em 1989 e apesar de participar das tomadas de decisão das atividades produtivas da família, naquele momento decide se dedicar ao estudo de alguns temas de interesse como a citricultura e mecânica antes de assumir efetivamente um cargo nos empreendimentos. No entanto, devido a conjuntura econômica do momento antecipa o início dos trabalhos como assessor técnico do pai na Fazenda Santa Izabel, na época produtora de soja e cana de açúcar. Em meados da década de 1990 assume o cargo de gerente de produção agrícola que até aquele momento era de responsabilidade de seu pai e em decisão conjunta com os pais e irmãos empreendem um processo de reestruturação da Fazenda Santa Izabel com objetivo de aumento de escala e redução dos custos de produção. Ao longo da carreira realizou cursos de especialização e aprimoramento em técnicas de gestão como o de Especialização em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, Campus de Ribeirão Preto (FEA/RP – USP) (1998-1999) e também cursos do Programa de Educação Continuada (PEC) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), do Centro de Conhecimento em Agronegócios (Pensa) e do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Além da administração do Condomínio Agrícola Santa Izabel, Paulo compõe os conselhos da Associação dos Fornecedores de Cana de Guariba (Socicana) e a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) da região de Ribeirão Preto. É divorciado e pai de dois filhos, Antônio José e Mariana.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 23.07.2012

  SumarioPauloRodrigues.pdf

Clique para assistir
1º Bloco
Origens familiares; a relação de sua família com a agricultura; os primeiros negócios da família na Fazenda São Martinho; a dedicação de seu pai à vida pública; a gestão dos negócios pelos herdeiros da família.
 
Clique para assistir
2º Bloco
A infância na fazenda; os primeiros estudos; a formação na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP); a sociabilidade estudantil na Esalq.
 
Clique para assistir
3º Bloco
Os primeiros trabalhos após a formação na Esalq; as atividades na gerência da Fazenda Santa Izabel; atividades na produção agrícola realizada na fazenda; a expansão das atividades de plantio de cana-de-açúcar, laranja, soja e criação de viveiro de mudas.
 
Clique para assistir
4º Bloco
A produção agrícola nos anos de 1980; os efeitos da internacionalização da economia na agricultura dos anos de 1990.
 
Clique para assistir
5º Bloco
Noções a respeito de uma boa gestão de produção agrícola; a tecnologia na produtividade agrícola; produção x produtividade; o incentivo a pesquisas; a mecanização do agronegócio.
 
Clique para assistir
6º Bloco
A mecanização do agronegócio e a questão do trabalho na fazenda; o plano de mecanização; a redução da mão-de-obra; a eliminação da mão-de-obra sazonal e a substituição da mão-de-obra fixa; os processos de produção na fazenda; a especialização em Administração na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP de Ribeirão Preto; a mudança na qualidade de gestão após a especialização.
 
Clique para assistir
7º Bloco
A tomada de decisões na administração dos negócios; o “condomínio” de participação na administração dos negócios.
 
Clique para assistir
8º Bloco
As parcerias com usinas; o mercado de cana-de-açúcar, soja, milho e pecuária; a expansão das unidades de negócios; o arrendamento de terras; o módulo de mecanização e a eficiência econômica.
 
Clique para assistir
9º Bloco
A relação do produtor rural com a terra na atualidade; as mudanças geracionais nas relações do produtor com a terra; o arrendamento de terras em fazendas e a relação do produtor com a terra; a expectativa de continuidade de próximas gerações na gestão dos negócios.
 
Clique para assistir
10º Bloco
A relação com a vida pública e política de seu pai, Roberto Rodrigues; o envolvimento com conselhos regionais de agricultura; a relação com a política; o reconhecimento na área do agronegócio.
 
Clique para assistir
11º Bloco
A valorização da carreira dos profissionais ligados aos negócios; os programas de casa própria estabelecidos ao longo de sua gestão; o acompanhamento da educação dos filhos dos empregados.
 
Clique para assistir
12º Bloco
A legislação trabalhista brasileira; as boas relações com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais; os problemas na justiça do trabalho; a preocupação atual de alguns produtores rurais com relação aos trabalhadores; a questão das generalizações em relação aos produtores rurais.
 
Clique para assistir
13º Bloco
A questão ambiental na gestão dos negócios; o reflorestamento e a recuperação de solos; o programa de tratamento de resíduos; o uso de defensivos de doenças e pragas.
 
Clique para assistir
14º Bloco
Perspectivas a respeito do futuro do agronegócio; os riscos internacionais em relação ao agronegócio brasileiro; o uso de transgênicos; a África e o agronegócio brasileiro; o investimento de estrangeiros em agronegócio no Brasil; perspectivas para a expansão do agronegócio brasileiro; o governo brasileiro e o investimento no agronegócio.
 

 

Topo da Página TRANSCRIÇÃO NA ÍNTEGRA

TranscricaoPauloRodrigues.pdf

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.