A- A+

E ele voltou... o Brasil no segundo governo Vargas
<<  Humberto Teixeira

Humberto Cavalcanti Teixeira nasceu em Iguatu (CE) no dia 5 de janeiro de 1915, filho de João Euclides Teixeira e de Lucíola Cavalcanti Teixeira.

Formou-se no Rio de Janeiro, em 1944, pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil. Ganhou fama como compositor, sobretudo a partir de 1945, quando, em parceria com Luís Gonzaga, lançou no Rio o baião, ritmo nordestino que teria grande sucesso na década seguinte. Foi diversas vezes diretor e chegou a vice-presidente da União Brasileira de Compositores, sociedade arrecadadora de direitos autorais.

No pleito de outubro de 1954, candidatou-se a deputado federal pelo Ceará na legenda do Partido Social Progressista, mas obteve apenas uma suplência. Ao longo da legislatura 1955-1959, exerceu o mandato em quatro ocasiões. Como deputado federal, obteve a aprovação da chamada Lei Humberto Teixeira, que permitiu a realização de caravanas para a divulgação da música popular brasileira no exterior. Concorreu à reeleição em outubro de 1958, mas não foi bem sucedido.

Entre as cerca de trezentas composições suas gravadas no Brasil e no exterior, destacam-se Asa branca, Kalu, Juazeiro, Maria fulô e Baião de dois.

Faleceu no Rio de Janeiro em 3 de outubro de 1979.

Foi casado com Margarida Maria Police Teixeira.

[Fonte: Dicionário Histórico Biográfico Brasileiro pós 1930. 2ª ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2001]

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede