A- A+

A Era Vargas: dos anos 20 a 1945
Anos 20 > Centenário da Independência > Primeira Guerra Mundial

Primeira Guerra Mundial

A causa imediata da eclosão do conflito foi o assassinato em Sarajevo, em 28 de junho de 1914, do herdeiro do trono austro-húngaro, arquiduque Francisco Ferdinando, por um militante nacionalista sérvio. O fato motivou um ultimato do Império Austro-Húngaro à Sérvia e, em 28 de julho seguinte, a declaração de guerra àquele país. Na verdade, as tensões e rivalidades que, desde meados do século XIX, envolviam as principais potências européias e não européias haviam crescido a tal ponto que foi rompido o equilíbrio de poder que governava a política internacional. O resultado foi uma corrida armamentista sem precedentes e a formação de alianças diplomático-militares que, embora tivessem inicialmente caráter defensivo, bloqueram a possibilidade de uma guerra localizada. A declaração de guerra da Áustria-Hungria à Sérvia, república independente aliada da Rússia, apenas precipitou a generalização do conflito. Enfrentaram-se, de um lado, a aliança entre a Alemanha e o Império Austro-Húngaro, fortalecida a seguir pela adesão da Turquia e da Bulgária, e, de outro, a entente cordiale entre a França e a Inglaterra, com a posterior adesão da Rússia e de mais outros 18 países, entre eles os Estados Unidos.

Em janeiro de 1918, o presidente norte-americano Woodrow Wilson tornou públicos os seus Quatorze Pontos, que deveriam servir de base à condução das negociações de paz. Estes incluíam, entre outras questões, a resolução das disputas coloniais, o retorno da Alsácia-Lorena à França, a independência da Turquia e a criação de uma Liga das Nações. Ao longo do ano, seguiram-se as declarações de armistício da Bulgária, da Turquia, da Áustria-Hungria e da Alemanha. Em março de 1918, já sob o governo revolucionário bolchevique, a Rússia firmou uma paz em separado com a Alemanha e o Império Austro-Húngaro pelo Tratado de Brest-Litovsky. As negociações de paz com as potências aliadas foram posteriormente detalhadas durante a Conferência de Paz de Paris.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede