A- A+

Memória do Cinema Documentário Brasileiro: histórias de vida

<<   Mônica Simões
Monica Simoes

Mônica Simões nasceu em Salvador (BA), em 22 de fevereiro de 1955. Seu interesse pela fotografia vem da infância e foi despertado pelo contato com o significativo acervo fotográfico da família. Seu interesse pela cultura negra se deu ainda na graduação em História, na UFBA. Após um trabalho com história oral, na Fundação Cultural da Bahia, começou a fotografar profissionalmente. Seu primeiro documentário, Eu sou neguinha? (1988), participou de festivais nacionais e internacionais. Temas locais, como o cidadão e a cidade, se consolidaram no documentário-ficção Código de Hamurabi (1994), onde Mônica discutiu os anos 1970 na Bahia. Firmou parcerias com o Göethe Institut da Bahia, realizando projetos e oficinas que resultaram em Sonntag (1996), seu primeiro vídeo experimental. A partir da união entre a linguagem audiovisual e a imagem fotográfica, começou a desenvolver videoinstalações como Lambe-Lambe (1997). Seu trabalho com arquivos de família resultaram em obras como Uma cidade (2000) e, mais recentemente, Um casamento (2016), produzido a partir de fragmentos do casamento de seus pais. Dirigiu diversas séries, filmes e programas para TV, como História do Brasil com Boris Fausto (2002) e O caminho de Santiago de Compostela com Paulo Coelho (1999). Desenvolveu ainda carreira acadêmica, concluindo mestrado em Artes Visuais na UFBA, além de promover oficinas sobre fotografia e cinema. Juntamente com o trabalho na direção geral e de fotografia, atuou em pesquisa, curadoria, roteiro e criação de projetos na área das Artes Visuais.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 18.11.2015

  SumarioMonicaSimoes.pdf

Clique para assistir
1º Bloco
Origens; história familiar; os primeiros anos escolares; a ida para o Rio de Janeiro e a experiência de um colégio tradicional para o ingresso no Brasileiro de Almeida; a volta para Bahia e o ingresso na faculdade.
 
Clique para assistir
2º Bloco
A relação pessoal e profissional com o cinema; o contato com a história oral; o desenvolvimento do projeto Eu sou neguinha; a viagem para o Festival de Cuba em 1987.
 
Clique para assistir
3º Bloco
O sentimento de pertencimento com o Cinema Documentário; realização do filme O Código de Hamurabi em 1990.
 
Clique para assistir
4º Bloco
O desenvolvimento de trabalhos paralelos; a experiência da residência artística na Alemanha em 1995; a volta para o Brasil e a saúde de seu pai; realização de sua primeira instalação.
 
Clique para assistir
5º Bloco
A relação com a família em sua nova fase profissional e a descoberta de antigos filmes familiares; o desenvolvimento do curta chamado Café com pão manteiga não; o contato com João Moreira Salles.
 
Clique para assistir
6º Bloco
O projeto do filme Uma Cidade; a volta para Salvador e o mestrado em artes visuais; os projetos Lambe lambe, Intervenção Doméstica e Negros; novos projetos.
 
Clique para assistir
7º Bloco
A experiência e o tema de mestrado; a decepção com o doutorado na USP; desenvolvimento do filme sobre o casamento de seus pais em 2003; relação do cinema com a vida pessoal e familiar.
 
 

TranscricaoMonicaSimoes.pdf

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2017. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap