A- A+

Trajetória e Pensamento das Elites Empresariais de São Paulo

<<  JOÃO GUILHERME OMETTO
João Guilherme Ometto

Oriundo de uma família de imigrantes italianos, João Guilherme Sabino Ometto nasceu em 15 de março de 1940, no interior de São Paulo. Logo após se estabelecer no Brasil, a família Ometto, com forte tradição como agricultores, atuou principalmente no cultivo da cana de açúcar. Em 1963, João Ometto se formou na Escola de Engenharia de São Carlos da USP, indo trabalhar na Usina da Barra, de seu tio, Orlando Ometto. A partir de então, cresceu gradativamente no ramo, ocupando a direção do grupo empresarial da família, com destaque para a estruturação da Usina São Martinho.

No plano institucional, João Ometto foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Agribusiness (Abag); ocupou a presidência da Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil (Stab); tornou-se membro do Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP), onde procurou promover uma maior integração entre a universidade e o empresariado; e criou o Comitê do Agronegócio, na Fiesp, onde segue atuando até os dias de hoje como segundo vice-presidente.

Atualmente, João Ometto segue na área açucareira, na direção do Grupo São Martinho.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 5.10.2010

  SumarioJoaoGuilhermeOmetto.pdf

Clique para assistir
Bloco
Origens familiares; a vinda dos avós para o Brasil em 1887, saindo da Itália; os primeiros anos como colonos na cidade de Água Santa, no interior de São Paulo; o primeiro engenho de cachaça da família; a juventude dos pais na usina; o casamento dos pais em 1936.
 
Clique para assistir
Bloco
Envolvimento da família nas usinas de açúcar; repercussões da crise de 1929 no Estado de São Paulo e na produção de açúcar; a logística das usinas nos anos de 1930.
 
Clique para assistir
Bloco
Formação académica, a escolha pelo curso de engenharia mecânica na Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo (USP); a compra da Usina São Martinho nos anos de 1950; o desenvolvimento das usinas da família, construção da Usina da Barra.
 
Clique para assistir
Bloco
Desenvolvimento das usinas no pós-guerra; o início da produção de máquinas como substituição de importações; o funcionamento das moendas nos anos de 1950; o aumento da eficiência nas usinas.
 
Clique para assistir
Bloco
O anos de formação escolar em Iracemópolis; a ida para São Carlos; formação nas escolas públicas Colégio Diocesano e Instituto Estadual de Educação Álvaro Guião; os primeiros anos na universidade; participação no jornal do Centro Acadêmico Armando Salles de Oliveira.
 
Clique para assistir
Bloco
Atuação política do pai João Ometto; atuação como vice-prefeito e vereador em Iracemópolis; a fundação da Cooperativa de Piracicaba e a da Copersucar; formação da primeira Câmara de Vereadores de Iracemápolis.
 
Clique para assistir
Bloco
Agitação política na universidade; participação no congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) no Quitandinha, Petrópolis, em 1962; o perfil da turma que se formou na Escola de Engenharia em 1963.
 
Clique para assistir
Bloco
O trabalho na Usina da Barra logo após a formatura; viagens para México e Califórnia para conhecer sistemas de irrigação; o sistema de irrigação desenvolvido na Peru; associação com a Tropisuco para o plantio de laranja.
 
Clique para assistir
Bloco
Desenvolvimento da cultura de açúcar no regime militar; criação do Funproçúcar; desenvolvimento da tecnologia de fabricação de açúcar e álcool; criação do centro tecnológico da Copersucar; envolvimento com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).
 
Clique para assistir
10º
Bloco
Compra da fábrica de suco de laranja Tropisuco; industrialização e exportação da laranja; venda da Tropisuco; desenvolvimento da Usina de Santa Bárbara; projeto do Jaíba em Minas Gerais.
 
Clique para assistir
11º
Bloco
Desenvolvimento do Funproçúcar; aumento do preço do açúcar no mercado internacional; criação dos novos portos de Maceió e Pernambuco; modernização das fabricas do nordeste; atuação do Instituto do Açúcar e do Álcool.
 
Clique para assistir
12º
Bloco
Implementação do Programa Nacional do Álcool Proálcool, em 1975; desenvolvimento tecnológico dos motores a álcool; implementação dos carros a álcool; recepção do programa do Proálcool pelos usineiros.
 
Clique para assistir
13º
Bloco
Desenvolvimento da agricultura no cerrado; introdução do calcário, corrigindo o ph da terra; os benefícios do plantio de cana para a terra; o processo de queima da cana.
 
Clique para assistir
14º
Bloco
Financiamentos para o Funproçúcar e Proálcool; desenvolvimento da Sociedade dos Técnicos Açucareiros e Alcooleiros do Brasil (STAB); os congressos organizados pela STAB; participação na Associação dos Técnicos Açucareiros da America Latina e Caribe; viagens para os congressos internacionais.
 
Clique para assistir
15º
Bloco
Criação do Instituto de Matriz Energética; criação do comitê de agronegócio na Federação das Industrias do Estado de São Paulo (FIESP); conexões entre agricultura e industria; a importância do agronegócio para o Brasil.
 
Clique para assistir
16º
Bloco
Atividade política do setor rural nos anos 1980; lideres do setor como Teotônio Vilela; a força da Copersucar; investimento das usinas na área social.
 
Clique para assistir
17º
Bloco
A situação dos trabalhadores rurais nas usinas; processo de mecanização do campo; a relação com o sindicato dos trabalhadores rurais; greve na Usina Santa Barbara; relação com os fornecedores de cana; o problema do analfabetismo no campo.
 
Clique para assistir
18º
Bloco
A questão da reforma agrária e dos assentamentos; a reforma agrária realizada no México em 1910; relação da Usina São Martinho com os assentamentos da região; as diferenças entre os assentamentos e a agricultura familiar.
 
Clique para assistir
19º
Bloco
A crise na agricultura no final da década de 1980; dificuldades enfrentadas pela Petrobras; fechamento do Instituto do Açúcar e do Álcool; profissionalização das usinas; modernização do porto de Santos; internacionalização do mercado de açúcar.
 
Clique para assistir
20º
Bloco
Os efeitos do Plano Real na agricultura; as dificuldades enfrentadas pela agricultura nos primeiros anos do Plano Real; o último ministério do governo Collor e a importância da ECO 92; relação dos agricultores com Fernando Henrique Cardoso; efeitos da desvalorização do Real em 1999.
 
Clique para assistir
21º
Bloco
Investimentos em pesquisa; apoio ao instituto União Universidade Empresa (Unienp); investimentos no Centro Tecnológico Copersucar.
 
Clique para assistir
22º
Bloco
O agronegócio no governo Luis Inácio Lula da Silva; aproximação entre os agricultores e o Partido dos Trabalhadores (PT); o apoio do governo Lula ao agronegócio; meio-ambiente e agronegócio.
 
Clique para assistir
23º
Bloco
Internacionalização do agronegócio; compra de terras brasileiras por estrangeiros; a importância de se desenvolver tecnologia brasileira.
 
Clique para assistir
24º
Bloco
Processo de abertura de capital da Usina São Martinho; modernização da usina; produção de álcool; investimentos em hidrovias; relação com os diferentes setores da FIESP; projetos de pesquisa com a Universidade de São Paulo (USP); importância da reforma tributária e da desburocratização.
 

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2015. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • MELHOR SE VISUALIZADO EM 1024 X 768 • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

                                                                                                                                                                 

Educação Executiva Presencial, Customizada e a Distância

                                                                                                                                                70 Anos FGV            FGV Notícias         FGV News  

                                                                                                             

 

 

randomness