A- A+

Cientistas Sociais de Países de Língua Portuguesa: Histórias de Vida
<<  FILIPE COUTO

Filipe José Couto nasceu em Moçambique no dia 30 de janeiro de 1939. Concluiu o Ensino Primário em Massangulo, província do Niassa, e dedicou-se ao ofício de sapateiro na cidade de Nampula entre 1954 e 1957. Frequentou o Ensino Secundário em Fátima, Portugal, entre 1958 e 1962. Foi em 1962 que decidiu entrar para o Instituto Missionário da Consolata, na Itália, tendo permanecido um ano. Fez Estudos Filosóficos e Licenciatura em Roma (1964 a 1967); Estudos Teológicos e Doutoramento em Teologia Dogmática, em Munster, Alemanha (1967 a 1971) e Doutoramento em Ciências Sócio-políticas de Qualificação para Professor Catedrático na Universidade de Paderborn, Alemanha (1976 a 1981). Regressa à sua terra natal onde entra em contato com a Frelimo, (Frente de Libertação de Moçambique), que luta pela libertação de Portugal, indo fixar moradia na Tanzânia. No ano de 1996 foi nomeado reitor da Universidade Católica de Moçambique e desde 2007 é reitor da Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo.

 

 

© Todos os direitos reservados à FGV.

Topo da Página SUMÁRIO - ENTREVISTA 23.04.2009

  SumarioFilipeCouto.pdf

Clique para assistir
1º Bloco
Origens; história familiar; percurso educacional até o doutoramento em Teologia Católica Dogmática da Universidade de Münster, na Alemanha.
 
Clique para assistir
2º Bloco
Autores Marcantes; o curso de História da Filosofia em Roma e os empiristas ingleses; Charles Boxer; a Frente de Libertação de Moçambique.
 
Clique para assistir
3º Bloco
Acontecimentos marcantes pela Europa; o Maio de 1968 e participação nas reuniões de estudantes em Münster; o Concílio Vaticano II.
 
Clique para assistir
4º Bloco
Trajetória docente e publicações; a relação com a Frente de Libertação de Moçambique; a co-fundação da Escola Superior de Sociologia, Teologia e Ciências Sociais de Morogoro; o título de Reitor fundador da Universidade Católica de Moçambique e depois da Universidade Eduardo Mondlane; a publicação da tese de doutoramento: Esperança dos que não acreditam em 1974.
 
Clique para assistir
5º Bloco
A influência de Julius Nyerere e a concepção de educação hoje; o diálogo entre socialismo e educação na Tanzânia; Carlos Machili e a defesa da expansão universitária; a qualidade do ensino e a potencialidade intelectual moçambicana.
 
Clique para assistir
6º Bloco
Cooperação entre os países de língua portuguesa; a relação com um Portugal pós-colonialismo; o intercâmbio educacional com o Brasil; o português como língua-mãe ensinada nas escolas e veiculada através da mídia; a propagação da língua inglesa.
 
 
 
Topo da Página TRANSCRIÇÃO NA ÍNTEGRA

TranscriçãoFilipeCouto.pdf

Aviso importante:
Transcrições de entrevistas estão sempre sujeitas a erros. Elas são aqui disponibilizadas apenas com o intuito de facilitar a pesquisa, não devendo substituir a consulta ao documento audiovisual. Caso você perceba algum erro, por favor avise-nos através do Fale Conosco ou da ferramenta Colabore, disponível no sistema de acervo do CPDOC (é preciso estar registrado para utilizar esta ferramenta).

 

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2020. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede