A- A+

Entrevistas do Programa de História Oral

PROGRAMA DE HISTÓRIA ORAL

Aspecto do acondicionamento de fitas rolos do Programa de História OralO Programa de História Oral do CPDOC foi criado em 1975, no momento em que a metodologia da história oral se firmava como novidade em instituições de pesquisa e arquivos da América do Norte e da Europa. O objetivo era realizar entrevistas sobre o passado e tratá-las seguindo técnicas que permitissem guardar e divulgar o testemunho vivo dos entrevistados.

Desde então, o CPDOC vem produzindo um acervo de depoimentos de importância reconhecida tanto no Brasil como no exterior. No total são cerca de 1.000 entrevistas, correspondendo a mais de 5 mil horas de gravação, estando metade delas abertas à consulta neste portal, na página Consulta à base.

O conteúdo do acervo reflete a diversidade de projetos de pesquisa que vêm dando origem às entrevistas. Muitas resultaram da proposta fundadora do Programa, de estudar a trajetória e o desempenho das elites brasileiras desde os anos 1930. A idéia era examinar o processo de montagem do Estado brasileiro, como forma, inclusive, de compreender como se chegara ao regime militar então vigente. Com as entrevistas, procurava-se conhecer os processos de formação das elites, as influências políticas e intelectuais, os conflitos e as formas de conceber o mundo e o país. Para alcançar esse objetivo, o mais apropriado era realizar entrevistas de história de vida, que se estendem por várias sessões e acompanham a vida do entrevistado desde a infância, aprofundando-se em temas específicos. Esta linha de acervo continua em vigor até hoje e abarca políticos, intelectuais, tecnocratas, militares e diplomatas, entre outros, desde os que ocuparam cargos formais no Estado até os que, fora do Estado, com ele cooperaram ou lhe fizeram oposição.

Consulta às fitas de entrevistas do Programa de História OralCom o tempo, o acervo do Programa de História Oral foi sendo enriquecido também com entrevistas que pretendiam compreender acontecimentos e conjunturas específicas da história do Brasil. Surgiram então os conjuntos de depoimentos sobre a formação e a trajetória de agências e empresas estatais, sobre os governos militares e sobre a trajetória de instituições de ensino, entre outros. Esses projetos produzem em geral entrevistas mais curtas, chamadas temáticas por se voltarem prioritariamente para o envolvimento do entrevistado no assunto em questão.

O acervo bruto de entrevistas do Programa de História Oral é ponto de partida de diversas produções do CPDOC, como textos de análise, edição de depoimentos, livros sobre temas tratados em conjuntos de entrevistas etc. Os depoimentos cuja liberação foi formalmente autorizada pelos entrevistados encontram-se abertos à consulta, à disposição do público de pesquisadores, na forma de texto ou na forma de áudio.

As repercussões da metodologia de trabalho desenvolvida pelo PHO se fazem sentir também em consultorias que vêm sendo prestadas a diversas instituições públicas e privadas, seja para a constituição de bancos de entrevistas de história oral, seja para a montagem de programas congêneres.

  Twitter Facebook Youtube Flickr Eclass      Mais   

 

 

O Programa de História Oral do CPDOC foi matéria no canal Globo Universidade. Veja mais.

 

Site da ABHO - Associação Brasileira de História Oral

 

Site da IOHA - Associação Internacional de História Oral

 

   

 

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
RIO: Praia de Botafogo, 190, 14º andar, Rio de Janeiro - RJ - 22250-145 • Tels. (21) 3799.5676
SÃO PAULO: Avenida Paulista, 1471, 1º andar, Bela Vista - São Paulo - 01311-200 • Tel: (11) 3799 -3755
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2017. Todos os direitos reservados • Usando: Drupal! • Use versões recentes do IE, Firefox, Chrome, Opera
Lista de URLs do CPDOC Busca: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/page-sitemap

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede